Fazendo Rádio - O melhor e mais antigo portal de web rádios. Desde: 2011


Postado por: Juninho FR

0 O que é streaming?



Você provavelmente já ouviu falar do termo ‘streaming’, mas não está muito certo o que significa. Isso permite que você assista algo ao vivo? Como isso funciona? Este guia deve responder suas perguntas e esclarecer qualquer confusão. Streaming significa ouvir música ou assistir a um vídeo em ‘tempo real’, em vez de baixar um arquivo em seu computador e vê-lo mais tarde. Com vídeos na Internet e webcasts de eventos ao vivo, não há nenhum arquivo para download, apenas um fluxo contínuo de dados. Algumas emissoras preferem o streaming, porque é mais difícil para a maioria dos usuários de salvar o conteúdo e distribuí-lo ilegalmente.

Como o streaming funciona?
Streaming é um desenvolvimento relativamente recente, porque a sua conexão de banda larga tem que ser rápida o suficiente para mostrar os dados em tempo real. Arquivos codificados para streaming são muitas vezes altamente comprimidos para usar o mínimo de banda possível. Se houver uma interrupção devido ao congestionamento na internet, o áudio vai parar ou a tela fica em branco. Para minimizar este problema, o computador armazena um “buffer” de dados que já tenham sido recebidos. Se há um abandono, o buffer vai suprir a necessidade por um tempo, mas o vídeo/áudio não será interrompido. Se não houver mais dados no buffer, normalmente o vídeo ou áudio vai parar e exibir uma mensagem – ‘buffering’ – enquanto ele alcança um nível bom para poder voltar a execução normal. Streaming tornou-se muito comum graças à popularidade de estações de rádio e vários serviços sob demanda de áudio e vídeo, incluindo Spotify, Last.fm, YouTube e iPlayer da BBC.

Diferentes níveis de qualidade
Alguns serviços oferecem diferentes níveis de qualidade para diferentes conexões de internet. YouTube, por exemplo, pode transmitir vídeos de baixa, média e alta qualidade para os usuários de telefones móveis e os usuários de banda larga. Estas resoluções se adaptam de acordo com a banda acessada e o aparelho eletrônico pelo qual você acessa o streaming.
Netflix como streaming pago
O Netflix é um grande exemplo de streaming de vídeos pago e que vale cada centavo investido. (Foto: techradar.com)

Consumo da banda pelo streaming
A maioria das pessoas sabe que o download de arquivos usa a largura de banda, que pode ser limitada a um número fixo de gigabytes por mês. Mas o que eles não sabem é o quanto de banda eles usam durante a transmissão. Ouvir música pode consumir cerca de 0,5-1,0 megabytes por minuto e assistir a vídeos do YouTube comuns pode consumir cerca de 4-5 megabytes por minuto. Ela pode ser maior ou menor, dependendo da qualidade. Existem programas gratuitos que medem o uso da banda, o que pode te ajudar a controlar, principalmente se você faz uso de pacotes de dados móveis para smartphones.

Os melhores streaming de vídeo
Como já dissemos acima, temos o YouTube como o maior representante aqui. Com uma qualidade melhor e a mesma função, de compartilhar vídeos por usuários, temos o Vimeo. Já no ramo do streaming de vídeos pagos, há apenas uma opção realmente boa no Brasil: O Netflix. Hulu é uma opção muito popular fora do Brasil, mas ainda não temos seus serviços aqui ainda. Com o Netflix, você tem acesso a uma biblioteca com mais de 10.000 filmes e episódios de seriados e programas de TV, com um mês grátis e um pagamento mínimo de mensalidade por mês. Apesar do costume de pagar por conteúdo estar um pouco distante do dia a dia do brasileiro, pagar pelo uso do Netflix é algo que realmente vale a pena. É como uma locadora de filmes online, mas com uma mensalidade ao invés de um valor fixo para cada filme ou seriado. Digo isso por causa das recomendações e vídeos que você nunca assistiria se você não tivesse o uso do Netflix. É bem interessante, de verdade.

Os melhores streaming de áudio
Que você pode usar no Brasil, o melhor serviço de streaming de áudio que temos aqui por enquanto é o Rdio. É como se fosse uma rádio online, com o grande diferencial de você poder escolher os artistas e músicos que fazem parte de sua lista, ajudando a economizar espaço na memória de seu aparelho por possibilitar que você escute seus artistas favoritos sem ter a MP3 armazenada. Temos ainda o Spotify e o Pandora, mas ambos ainda não estão no Brasil e precisam de algumas “gambiarras” para funcionar decentemente.

sábado, 8 de julho de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário